Duas pizzas e uma vida!

Tudo começou numa segunda-feira nada convencional, geralmente na segunda as pizzarias ficam fechadas em São Paulo. Mas, no dia 3 de agosto de 2009 foi diferente; dois homens entraram na pizzaria onde meu amigo Hilder fazia um extra. Eles pediram duas pizzas para a moça do caixa, deixaram um endereço para entrega e disseram que pagariam na entrega! Sabe-se Deus o porquê foi justo o Hilder quem foi entregar o pedido! Ai então num suposto assalto muito mal explicado meu amigo levou um tiro a queima-roupa e veio a falecer na madrugada do dia quatro.

Eu conheci o Hilder no colégio, estudamos juntos na oitava serie. “Companheiros de viagem são comuns durante a vida”, mas são poucos os que podemos comparar a um irmão, e era assim que eu considerava o Hilder, como um irmão de sangue que a vida me emprestou. Meu brother tinha fama de brigão, cara de malandro e sorriso de criança. Um magrelo, beiçudo de pele parda, há algum tempo namorando a Karol, ele pensava em se casar, e este foi um sonho que não se realizou.

Meu amigo partiu deixando pra trás uma namorada mega-apaixonada, uma avó com quem viveu a vida toda e que ninguém conseguiu consolar, mãe, padrasto, um irmão e também uma segunda família “os PNX”. A magoa foi geral, e nessas horas falar de Deus é o mesmo que se sentir marionete de um carrasco, estranho que a morte de uma pessoa que você escolheu para viver junto a seu ciclo de amigos possa lhe fazer sentir ódio e rancor de uma forma que não deixa mais espaço pra nada no seu coração. Ainda bem que os sentimentos oscilam sua intensidade, e toda a raiva da lugar a saudade do amado amigo…

As lembranças que tenho dele são sempre de momentos marcantes, como as gozações no colégio, meu aniversario de 17 anos que comemoramos entre a família PNX em grande estilo, do abraço forte e do beijo sincero que expressava seu carinho pelos irmãos que a vida lhe presenteou. Nunca vou compreender uma violência sem motivo, não há palavras que conforte nossos corações. Mas, hoje passado-se algum tempo não julgo o propósito do destino, entendi que a ausência de uma pessoa não significa que ela será esquecida, e sim que sua presença será sentida com maior saudade…

OgAAAA-xtJmWp4uu9B7tsSaOD_3aZ9cWNWN9LOV8ds93__M6VGgtYts4WPPOCXlDasnP2hm4sBuoHpf_sOp92tczQekAm1T1UMdwQ_wHVTkEAgHfn_3bEg5iH--1

Moral da historia:

Sorria sempre, isso confunde as pessoas” e te livra de dar explicações daquilo que você ainda nem entendeu!

Autor: @robsonpnx

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s