“WABI-SABI”

Esses dias enquanto lia minha TRIP me deparei com essa expressão japonesa, “WABI-SABI”, que quer dizer mais ou menos o seguinte:

A arte japonesa da impermanência, é ver beleza onde pessoas menos criativas enxergam defeitos, uma perfeição imperfeita. Na verdade o significado em si não tem muito haver, as palavras wabi e sabi não são de fácil tradução. Wabi pode significar simplicidade rústica, frescor e quietude ou elegância discreta. Pode também se referir a acidentes e anomalias ocorridos no processo de construção que conferem singularidade ao objeto. Sabi é a beleza ou serenidade que vem com o tempo, quando a vida do objeto e sua impermanência são evidenciados pelo desgaste ou por qualquer conserto visível. Mas, a expressão me fez refletir sobre algumas coisas! Como pode existir um objeto que é perfeito e imperfeito ao mesmo tempo? Intrigado com essa questão comecei a observar muito das coisas ao meu redor…

Notei que a samambaia de minha mãe, tinha algumas folhas já secas, mas ela a adora, por que foi um presente meu de dia das mães, quando cheguei à floricultura não tinham mais flores, então eu a vi, e pensei por que não? Comprei a samambaia e tive a impressão de dar o melhor dos presentes.

Eu tenho uma velha bermuda jeans que na verdade era uma calça, eu a adorava e com o passar do tempo ela foi cortada e virou bermuda, minha namorada odeia quando eu uso, por ela já ser muito velha e desbotada. Mas, nenhuma das outras que tenho me veste tão bem quanto ela!

Minha namorada tem um vestido que chega até parecer uma obra de arte quando ela usa, de tão perfeito que fica em seu corpo. Mas, há alguns meses atrás sua sobrinha em um ato de estripulia o pegou escondido para ir a uma festa, resultado de sua indisciplina: O vestido voltou manchado por um daqueles cachecóis de plumas falsas. Por se tratar de um tecido muito delicado, não teve lavanderia em São Paulo que desse jeito, e olha que eu não fui a poucas. Ele também custou caro e mesmo com o reembolso não encontraria outro igual. A ele então empreguei o conceito de “WABI-SABI”, algo perfeito aos meus olhos, mesmo com sua mancha imperfeita!

WABI-SABI” é isso, é ver a perfeição em algum objeto que não é tão perfeito assim, enxergar que as rachaduras numa xícara de porcelana não são um defeito, e sim algo que faz parte do objeto. Sentir no chinelo velho o conforto que nenhum outro calçado pode proporcionar…

Autor: @robsonpnx

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s