"Amorio"

Para quem não sabe o que é, eu explico: Sabe aquela brisa leve do fim de tarde, gostosa que passa devagar, mas sempre passa, ou aquela chuva forte e rápida de verão, tão gostosa e tão curta, você lembra daquele sabor gostoso de comida bem temperada, que nos convida ir a mesa, mas que logo perdemos, porque ele sai da boca depois que escovamos os dentes. Então amorico é quase isso, é um namoro passageiro. Ao me deparar com essa palavra fiquei me auto analisando, será mesmo que sou um mero amorio na vida de algumas mulheres, que meus relacionamentos são meros amoricos. Eu as vezes me sinto como uma destas sensações! Alguém que se faz importante durante algum tempo, mas logo passa. Estranho quando a gente se vê como um alguém que passou, simples assim, espero ter deixado saudades, ou lembranças que valham apena lembrar…

Os amoricos são como os ritos de passagem, assim como os casamentos, batizados, formaturas entre outros, eles marcam a vida das pessoas, só que ao contrario dos ritos de passagem, eles não tem tanta importância. São coisas pelas quais passamos para logo em seguida encarar novos desafios e objetivos. Um amorico pode e provavelmente muda a vida de uma pessoa, principalmente de uma mulher, isso porque elas são mais vulneráveis aos amores, não tem medo de se entregar, como eu li uma vez num blog de uma amiga: “Uma mulher dividirá seus pensamentos e sentimentos mais profundos com um completo estranho que lhe dê atenção. Um homem só dividirá seus pensamentos e sentimentos mais profundos quando questionado por um advogado com artimanhas, sob juramento, e mesmo assim, apenas quando isso puder diminuir a sua pena.” Acho essa afirmação muito verdadeira, mas mesmo sendo as mulheres os seres vulneráveis aos amoricos, é sempre o homem quem liga depois de ter ficado com a gatona da balada, e sempre ele quem leva as flores, e quem fica todo encabulado quando se vê ridículo e exposto por expressar seus sentimentos, os homens também podem sofrer de amoricos.

tumblr_m3gh6szLCV1r21q9xo1_1280

Entristece quando você se da conta de que seus últimos relacionamento se tornaram apenas meros amoricos, uma lembrança de uma boa sensação que durou pouco, mas já disse uma vez o poeta, “que seja eterno enquanto dure”! E eu acrescento, as coisas boas só precisam durar tempo o bastante para se tornarem inesquecíveis. As vezes basta um momento para justificar tudo, a vida inteira. Um dia de suprema felicidade…

Autor: @robsonpnx
Imagem: Luyse

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s