Zica de Favela!

A expressão pode até lhe ser nova, mas tenho certeza que você já viu alguma por ai, e elas existem aos montes, e o tipo não faz distinção de sexo ou etnia, mas se apega muito a classe social. Não é por preconceito, isso é uma coisa que eu não tenho, moro no morro e todos que me conhecem sabem disso, não moro onde moro só por causa da vista que é bonita, é por falta de grana mesmo para morar no Itaim ou na Bela Vista! Mas, apesar de morar onde moro tem uns tipos por aqui que não me dessem!!!

Sei que é difícil pra quem nunca esteve na periferia imaginar as coisas que vou descrever nesse texto, mas acreditem é tudo real, a “realidade do tempo presente”. Aqui se vê garotas de 12 à 15 anos de idade, com corpos já deformados, barriga saliente e no epicentro dessa barriga jaz um piercing enorme, passeando com calcinhas socadas, mini shorts colados ao corpo e tops transparentes, no exercício escancarado da sedução sexual como instrumento de ascensão em ambientes onde práticas incestuosas e violência sexual contra menores é algo que beira o corriqueiro. Elas ainda tem por habito dançar funk de forma vulgar no meio da rua como se isso fosse a coisa mais linda de se ver, em geral essas garotas se envolvem com traficantes ou marginais médios para ter em troca bebidas, drogas e uma suposta fama de boazuda, como se uma musica que faz qualquer mulher inteligente se sentir um lixo fosse capaz de torna-las melhores do que realmente são. Como consequência desse comportamento tudo que vejo são mães solteiras que arrastam seus filhos para a fila do leite doado pelo governo, sobrevivem do “bolsa família” dado pelo governo, e complemento essa renda servindo de mulas para levar drogas pra dentro dos presídios, dando o pior dos exemplos para seus filhos que muitas vezes não conhecem seus pais!

apolotorres9

Enquanto a ultima novela das 8 criava todo um mistério em torno do personagem Gerson por conta da sua tara por ver homens transando e o mundo assistia a invasão dos morros no Rio de Janeiro, eu e meus amigos gastávamos nossa saliva para tentar de alguma forma entender essa forma de diversidade a que chamamos de “Zica de Favela”, mas, na boa, nem os mais conceituados antropólogos arriscariam dar um parecer que justifique esse tipo de comportamento.

Mas, os comportamentos fora do comum não se limitam apenas as meninas sem perspectiva de futuro. Muito além do péssimo gosto musical, existe seres sem valores familiares ou sociais, pessoas que vivem a margem da lei, realizando praticas ilícitas para lucrar um qualquer. É o caso dos bicheiros e donos de maquinas caça niqueis, estes se aproveitam do fraco que os brasileiros tem por jogos de azar. Os bares e igrejas evangélicas que existem aos montes, tirando das pessoas o pouco que resta dos salários miseráveis que ganham, e como poderiam moradores de um lugar onde se vê uma polícia conivente com o errado, recebendo arrego dos traficantes pra deixar o trafico rolar solto!

apolotorres1

Esses analfabetas funcionais a quem chamamos de “Zica de Favela” são um reflexo dessa sociedade que não tem mais valores, não consideram um jovem agredir o outro com uma lâmpada um ato de violência, não enxerga na menina de classe medial que pede próteses de silicone aos pais uma potencial perua fútil e soberba. Como eu disse no inicio do texto, essa é “a realidade do tempo presente”…

Autor: @robsonpnx

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

3 comentários sobre “Zica de Favela!

  1. Excelente texto!
    Concordo com tudo, em gênero e grau!
    Pode me julgar pessimista, mas não tenho grande esperança em dias melhores. A “realidade do tempo presente” é um fato comprovado de inversão de valores existente na atualidade e de um mundo totalmente sem limites, onde o padrão de anormalidade virou extinção e a tendência é somente piorar!
    Cada vez mais o ser humano simplesmente se afasta…dos amigos, da presença, do amor, da confiança, da natureza, de Deus, de si mesmo.
    Não entende que tudo podemos fazer, mas nem tudo nos convém e com isso, se auto-suicidam lentamente, achando que é moderno e bonito.
    É…
    Cabe a nós, que somos privilegiados da boa educação, instrução e base familiar dada por nossos pais, fazermos cada um a sua parte dentro do que nos é possível e exemplificarmos esses valores para os integrantes dessa “juventude revolucionária e precoce”, digo nossos irmãos, amigos, parentes e filhos que estão chegando nesse mundo cruel, para que vivam suas vidas saudavelmente, conscientes e sem abreviações.
    Parabéns!
    Já tava com sdds dos seus textos porretas, neguin! rs
    *-* ;p

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s