Não é o bastante!

O ser humano em geral, homem ou mulher, todos nós somos egocêntricos, não adianta você querer negar, isso é uma verdade absoluta, os aplausos nos alimenta, e isso é natural na cultura contemporânea. Educamos nossas crianças exigindo o seu melhor sempre, e depois de adultos não nos satisfazemos com o pouco, sempre queremos mais e mais, e mais… Nada nos é o bastante!

BEYOND BEAUTY_HIGH

Ainda criança não nos basta ganhar uma bexiga na festa, queremos levar o maior numero delas pra casa. Não é o bastante um pedaço de sobremesa, queremos o maior pedaço. Não é o bastante receber o carinho da mãe, queremos que ela só de carinho a nós e sentimos ciúmes de nossos irmãos. Nossos pais incentivam isso, com aquelas perguntinhas singelas como; quem é o menino mais bonito do mundo? Quem é o melhor filho do mundo? E aquilo alimenta nossos egos, nos fazendo crescer como se fossemos as pessoas mais especiais da face da terra.

Quando chegamos a adolescência isso é posto a prova a todo momento, então passamos a querer nos sobressair sobre nossos amigos. Não é o bastante ter uma bicicleta, um skate ou um patins, queremos ter o mais bonito de todos. Não é o bastante saber andar, queremos fazer as mais psicodélicas manobras para mostrar a todos que somos bons em algo. Não é o bastante ter um tênis, queremos o mais caro da loja. Não é o bastante ter saúde, queremos beleza, cabelos lisos e sedosos, corpo sarado, olhos azuis e 1,80mt. Não é o bastante jogar bola, queremos ser o Messi da vez.

Quando nos tornamos adultos, não é o bastante ter um carro, queremos ter a BMW, a Ferrari. Não é o bastante termos ao lado um companheiro(a) bacana, uma pessoas que nos de força e nos faça companhia, queremos mesmo é ter mais companheiros(as), para alimentar nosso ego, nos sentirmos especiais. Não é o bastante fazer sexo, queremos a exaustão dos nossos parceiros, queremos possuir seus corpos. Não é o bastante visitar os parentes no interior só pra viajar, queremos conhecer outros países. Não é o bastante ter um teto, queremos ostentar o luxo, a riqueza de morar num palacete de bairro nobre, com piscina e jardim com churrasqueira. Quando nascem nossos filhos, a cultura é passada adiante, e exigimos deles mais, e mais, e mais…

Só que, o que a sociedade como um todo ainda não se deu conta, é de que ter é diferente de ser. Ter um bem de valor, não faz de você uma pessoa melhor, ou mais inteligente, ou mesmo mais educada. O valor do ser deveria estar no que ele representa para a sociedade a sua volta, nos valores que prega e na forma como contribui para um mundo mais igual para todos. O fato de alguém conseguir comprar um carro de meio milhão não faz ele ser mais importante do que o motorista do coletivo que eu pego todos os dias, ou mais importante do que um bombeiro, ou alguém assim. Estimular o consumo como forma de promoção social não cria cidadãos melhores, ajuda sim a marginalizar jovens pobres que sentem a necessidade de roubar para ostentar coisas que não conseguiriam conquistar trabalhando honestamente. Imaginem só vocês quantos crimes são cometidos, quantos sonhos são destruídos, quantas personalidades são feridas por conta dessa educação que não prepara as pessoas para perder, não prepara o ser humano para o inesperado.

Será que essa busca por sucesso, fama, beleza, e poder, trás alguma felicidade? E quem tem tudo isso se considera realmente feliz? Perguntas sem respostas é certo mas, vale a reflexão…

Autor: @robsonpnx
Imagem: Berto Martinez

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

Um comentário sobre “Não é o bastante!

  1. Não basta morrer é preciso ter uma salva de tiros durante o enterro…

    É… o ego existe sim e não há como fugir dele, mas talvez possamos conviver sem ficarmos na condição de refém dele. Mas, eu concordo que o capitalismo nos dá a possibilidade de alimentarmos ele a todo instante.

    Abrç Robson!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s