Deixa Chover…

Certo dia eu encostei a cabeça no vidro e meus olhos ficaram como ele: embaçados.

Mas eu sabia que o motivo não era a chuva que me cercava.

Sabe como é, os ventos sempre mudam.

Crédito: Otávio DantasCrédito: Otávio Dantas

As imagens são da peça “ O Silêncio Depois da Chuva” – que entra em cartaz no dia 07/10.

Tem mais aqui ô: (http://www.sesisp.org.br/home/2006/centrocultural/default.asp).

Por: Helô

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s