Subliminá!

Pode tirar o seu colete

à prova de bala

A bala que atiro

é doce pra mulecada

Sente a rajada da “matraca

Que dispara a fala

Tem sempre um fifi

Que faz da língua uma arma

Moleque é “crack

No campo é piripac

Dá trabalho pra zaga

É o melhor no ataque

Sangue no zóio pra

Matar o chefão… no fliperama

Bomba… de chocolate

Faz sorrir quem te ama

Você tá com as “12” em cima

Tio, depois não reclama

Pedofilia é crime

São doses de “cana

Novinha assanhadinha

Disse que te dá “mole

Mas Maria-mole te confunde

Num doce gole

Daqui pra lá

Só os função

Tão preparado

Fuzil” na mão

O livro é bom de mira

Atira poemas no coração

Acho que o bang do inverno

É se envolver nas quadrilha

Calma ae, calma ae…

Quadrilha de festa junina

Crack… se for na bola
Coca… se for gelada
Bomba… de chocolate
É bum pra mulecada
Paranga… de cocada
Presentes no embrulho
Boca… não é de fumo
É MC no bagulho

Me passa a “seda” muleque

Pra encapar o meu pipa

Me traz o pó… de vidro

Pra passar na minha linha

A cola não se bafora

Mistura e faz cortante

Duas carreira… de linha

Fortalece o estirante

Quero “farinha” da boa

Pro bolo ou tapioca

Pode dar milho

Pra nóis estourar os pipoca

Eu vi o “vapor” subir

Da panela de barro

Acho melhor cê ir tomando cu…

Cuidado

Vários pinos pra mandar

Numa tacada só

Sem dó, no boliche

Só quem for o melhor

Que que há? que que há?

Qual que foi? qual que foi?

Rabo de vaca mata mosca

E dá nome aos boi

De fofoca em fofoca

A galinha enche o papo

As tias ouvem roupa nova

Vestindo os trapos

Não parece o que é

Mas é que não sei mentir

Quero chorar… de alegria

E depois morrer… de rir

Crack… se for na bola
Coca… se for gelada
Bomba… de chocolate
É bum pra mulecada
Paranga… de cocada
Presentes no embrulho
Boca… não é de fumo
É MC no bagulho

Autor: Fabio Boca do DiQuintal

Anúncios

Sobre Fabio Boca

Fabio Duarte Gomes, o Boca, é um coringa paulistano entre inúmeras cartas e naipes nessa cidade cinza. Pensando, fazendo, escrevendo, sentindo, chorando, sorrindo, trampando e principalmente vivendo nesse caos urbano e suburbano em que acordamos todos os dias. Sem formação acadêmica, sem livro publicado, sem experiência, apenas escrevo e fotografo, com uma simples folha de caderno e um lápis; com uma simples câmera digital 7.2 mp. Os convido para entrar nesse mundo em que vivo e vejo, do meu ponto de vista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s