Viva o próximo!

Eu poderia lhe oferecer meu ombro amigo para curar o seu choro quando você chegasse em casa depois de ter levado uma bronca daquele chefe mala; Faria aquele brigadeiro de panela para você comer com sorvete nas suas mudanças de humor inexplicáveis e inesperadas; Apagaria a luz quando você estivesse de enxaqueca; Explicaria com toda a paciência a regra do impedimento, quem joga contra quem, e o que significa aquele quadro no alto da tela, com três letras COR 3X1 PAL; TPM, sem problemas, você tem todo o tempo do mundo para se recuperar; Se vamos comprar sapatos, eu te espero, levo um livro pra ler enquanto você prova a loja inteira; Elogiaria a cor do esmalte, o corte de cabelo; Batom vermelho te deixa mais bonita; Fica tranquila, essa calcinha não esta marcando; Ligo pro despachante, faço o rodízio dos pneus, troco a bateria, e fiscalizo o serviço do mecânico; Reconfiguro seu computador, mando lavar o forro do sofá, vou na reunião de pais, pego sua mãe no aeroporto, levo o cachorro no banho e tosa; Poderíamos tomar café na cama aos sábados, correr juntos e fazer aulas de dança; lhe acompanharia nas festas das suas amigas, não beberia e te traria pra casa em segurança; Ficaria com as crianças enquanto você se dedicasse no curso de inglês; Viajaríamos para todos os lugares que você quisesse conhecer; Eu ficaria ao seu lado até chegar a velhice e não te trocaria por uma piriguete cheirando a 212 falsificado; Amaria sua pela um mais flácida, seus seios naturalmente insubstituíveis, seu corpo maduro, e sua rotina de mulher, e tomaríamos vinho tinto todas as noites…

tumblr_mgflzwRTx91r89lywo1_400

Só que não!

Uma noite de prazer acaba;
Um banquete acaba;
Uma viagem inesquecível acaba;
Uma nhá benta acaba;
O fim de semana na praia acaba;
Um campeonato acaba;
Novela acaba;
Orgasmo acaba;
Um livro acaba;
Aquele CD maravilhoso da sua banda preferida acaba;
Banho de banheira acaba;
Tempestade de verão acaba;
O dia, o ano e até o carnaval acabam;

E nem por isso evitamos outros mais. Se o amor acabou, viva o próximo! Se o amor nos enlouquece, imagina a loucura que é viver sem ele! Como canta o Fagner; “E deixemos de coisa, cuidemos da vida, pois se não chega a morte, ou coisa parecida, e nos arrasta moço, sem ter visto a vida”

Autor: @robsonpnx

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s