Vende-se Geladinho!

Perdi minha avó!

Perdi minha vó, meu pai perdeu sua mãe, minha família perdeu seu elo, e minha rua perdeu a senhorinha que vendia geladinhos — ouso dizer — os melhores geladinhos de cocô do mundo.

Na ingênua intenção de perder alguns quilinhos, minha vó tomou um chá que se dizia milagroso de uma planta misteriosa. O chá comprimiu seu intestino e revelou um câncer que ela já tinha há alguns anos, e que se não fosse pelo tal chá, jamais teria lhe feito mal. Do instante do diagnóstico de câncer em diante minha avó perdeu mais quilos do que gostaria de perder.

vida

Perdi minha vó, mas muito antes de perde-la, muito antes dela perder sua vida, muita coisa se perdeu no caminho, coisas que ninguém, nem mesmo o tempo pode lhe devolver. Ainda jovem, minha avó perdeu seu marido pro alcoolismo, perdeu sua identidade como pessoa quando mudou-se para São Paulo, perdeu um filho pra violência da cidade grande, perdeu o prazer em viver… E sem o prazer em viver ninguém briga pela vida. Por isso ela se entregou à doença, se deixando ir um pouco a cada dia, sem querer se tratar, ou ao menos se manter forte.

O sentimento de perda se mostra presente de muitas formas ao longo de nossas vidas, e quando alguém que gostamos muito se parte, todos partimos um pouco junto, neste momento o sentimento de perda é implacável. Ao perder um familiar alguns laços se criam, outros se rompem e alguns nós travam na garganta pra todo sempre. O sentimento de perda faz com que as pessoas se fechem, se calem. Calou até mesmo minha escrita, acho que o silêncio nos consola, nos conforta, mas há coisas que só saem de nós por escrito. Desde de que minha vó partiu a vida tem seguido seu curso, mudanças ocorreram e chegadas são ansiosamente esperadas. Passei uns dias sem escrever é fato, mas não há de ser a saudade que vai me impedir de seguir.

Autor: @robsonpnx

Anúncios

Sobre Robson Almeida

Baiano radicado em São Paulo, Paulistano de coração | Diletante da Escrita | Efémero | Lascivo | Bucólico | Butequeiro | Blogueiro | Meio Intelectual | Meio de Esquerda | Gente Diferenciada...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s