Arquivo da categoria: Por Helô

O que não sei dizer…

Os segundos em que hesitamos, em que fitamos o abismo e nossa boca, escancarada, não emite som algum, são justamente o tempo necessário para que transformemos pensamentos em palavras. E nem todo pensamento tem uma palavra feita pra ele.

Enquanto isso eu vou pulando em movimentos desastrados,misturando meu corpo com a noite e tentando ver o que há além do meu horizonte.

As vezes me perco, plantando provas pra me incriminar. Tudo pra estabelecer o meu estado natural.
Devo dizer que mesmo tendo apagado 25 velas, conhecido milhares de pessoas, pisado em algumas lajotas após desviar dos rejuntes ainda consigo ficar paralisada com certos acontecimentos.

Tudo se tem que agarrar, e tudo te faz fugir

Então tá…
Eu tenho medo de pessoas e de insetos voadores!

_____________________________________________________________

Foto por  Diane Sagnier

_____________________________________________________________

Anúncios

Exaustão

Teto branco,luz fria.
Dor nas pernas.Elas estão fracas, ainda que eu as sinta forte.

Perdi a fome e a vontade de entender o que se passa dentro de algumas pessoas.

O convívio,as mentiras e a falta de zelo, fazem isso com a gente. Matam as coisas por dentro,fazem a migalha de hoje,ser amanha a maior parte do problema .

Eu daria tudo para estar a mil por dentro,virando a mesa,quebrando tudo e dizendo pro mundo o quanto certas situações são insustentáveis.

Velhice ? falta de apetite ? cansaço ?

Hoje em dia eu mesma não entendo,de onde vem essa falta de vontade, de ar, de ação.

___________________________________________________________

A imagem é da Daniele Queiroz.

Intensidade

Eu te vejo
Percorro seu rosto em detalhes
sinto seu cheiro pela miléssima vez, ainda como se fosse
a primeira vez.

Eu te vejo
Te desejo
E penso: como pode meu corpo tão pequeno carregar um amor tão grande?

__________________________________________________________

A foto é daqui http://weheartit.com

Por: Helô.